// Feriados representam lucro para e-commerce

Sempre que um ano tem muitos feriados longos, o varejo sente uma queda nos lucros. Para 2017, a Fecomercio de São Paulo aponta que a perda deve girar em torno dos R$ 10,5 bilhões, cerca de 2% maior que 2016

Uma das principais dificuldades trazida pelas lojas é o custo da mão de obra, afinal, os colaboradores devem receber em dobro nessas ocasiões. No entanto, perder um dia de vendas pode não ser uma boa opção para muitos lojistas.

Em paralelo, o Brasil é o terceiro país em que as pessoas passam mais tempo online. De acordo com um levantamento da We are Social, o brasileiro passa 5 horas e 26 minutos por dia na internet via computador ou tablet e outras 3 horas e 46 minutos conectado pelo celular – somando 9 horas e 13 minutos online todos os dias. Passado o choque inicial por vivermos mais de um terço do nosso dia no mundo virtual, essas estatísticas trazem em si muitas oportunidades.

Elas mostram, por exemplo, que mesmo não visitando lojas físicas frequentemente, as pessoas estão online em qualquer outro lugar. E a melhor maneira de alcançar esses consumidores é juntando um bom e-commerce a uma boa estratégia de marketing digital. Afinal, a loja online é menos custosa e pode atrair novos clientes de diferentes partes do país. O ideal é atrelar bom conteúdo, promoções e investimentos nas plataformas de Redes Sociais e Buscas. Isso pode apoiar – e muito – as vendas em feriados e finais de semana, por exemplo.

O e-commerce pode ser também um importante aliado do mundo físico, pois tem a capacidade de difundir e divulgar de forma mais efetiva um negócio. Pequenas e médias lojas são mais facilmente encontradas na internet, além de existirem estratégias de investimentos baseadas em localização.

Só não esqueça de sempre investir na segurança da plataforma online, afinal, uma pesquisa divulgada pela ACI mostrou que as fraudes online aumentaram 31% nos feriados de fim de ano em 2016, especialmente porque mais pessoas fazem compras em épocas comemorativas. Tentar prevenir fraude sozinho pode ser caro e ineficiente, portanto vale buscar gateways de pagamento que já trazem esta tecnologia atrelada.

Posts Selecionados

Você consegue acompanhar seus pedidos de compra?  Univali é a 42ª maior organização de Santa Catarina Oito tendências de tecnologia e negócios para 2017

Mais vistos

Especialistas mais procurados durante a crise  A importância da função de compras nas organizações Processo de Follow up no sistema de compras

Receba notícias